Buscar

3 sinais de que você está atrás da concorrência

Atualizado: 12 de Abr de 2019


Para um empreendedor, é essencial estar com seu negócio sempre em alta no mercado – ou pelo menos à frente da concorrência. Ser referência dentro de sua área é o desejo de muitos, mas a ausência de marketing online pode dificultar isso.

Afinal, agora mesmo você pode se encontrar atrás de sua concorrência. Nessa mesma hora, se encontra mal posicionado em comparação com outros ou até mesmo está atrás de um concorrente recente!

Quando isso ocorre, você deve perceber os erros que comete para saber solucioná-los – e assim, entender porque precisa de marketing online.


As trombetas do apocalipse: como a ausência de marketing digital para empresas te afeta

Qual o primeiro lugar que o cliente pesquisa quando possui dúvida? Internet, mais especificamente o Google. É lá que ele encontra, geralmente, a solução que busca, que pode assumir a forma de conteúdo, de um serviço ou de produto.

Portanto, existem dados estatísticos interessantes para você como empresário: 94% dos resultados clicados vem de pesquisa orgânica, 68% das pessoas clicam nos 3 primeiros e 75% não passa da primeira página de resultados.

É desses dados que retira a importância da presença de marketing digital para empresas: estratégias voltadas para o meio online criam melhor posicionamento de seu conteúdo no resultado da pesquisa. São elas que garantem que você seja visto pelos 75%!

Assim, contar com uma agência de marketing para sua empresa no Paraná ou região oeste não é gasto banal: ela contribui para construção de audiência qualificada, tem um investimento mais em conta do que o marketing tradicional e traz resultados reais.

E se você não nota o poder da consultoria de marketing digital, tenho de lhe dar uma má notícia: você apresenta um dos sinais de que está atrás da concorrência!


Primeiro sinal: posicionamento digital dentro do ramo

Antes de tudo, sugiro um exercício para você: abra agora a barra de pesquisa e digite termos que se referem ao ramo da sua empresa, na sua região. Avalie os resultados e veja o seu posicionamento em comparação com outras empresas da mesma área.

E, não faça isso em uma máquina com seu IP, procure um computador ou celular comum. Dessa forma, você tem um resultado livre de qualquer interferência do seu próprio histórico de pesquisa.

Após isso, se pergunte: eu estou satisfeito com o resultado? Por exemplo, sua empresa pode possuir até sucesso, mas não possui tanto quanto a empresa que agora aparece na primeira página. Isso não o incomoda?

Afinal, falta de posicionamento digital, fruto da ausência de marketing online, acaba interferindo no aumento de vendas. Se sua empresa estiver distante dos primeiros resultados, você não alcança um público imediato – e os que alcança, não se convertem em clientes.

Não se importar com isso é sinal de que você está atrás da concorrência, que não sabe aproveitar o potencial de alcance da própria marca. Traduzindo, você não possui presença digital forte e relevante – e a situação piora se estiver satisfeito com isso.


Segundo sinal: concorrente bem posicionado – e ele começou bem depois de você


Nas pesquisas de concorrência, você confere todas as informações relevantes: público-alvo, parcela de clientes, praça, entre outras coisas. Isso é uma análise de concorrência, um check-up dos concorrentes que rastreia e define o que eles fazem no mercado.

Dessa forma, você cria um panorama de mercado e se coloca dentro dele, observando oportunidades de melhoria e pontos a se reforçar. No entanto, ele também traz à tona um ponto importante: o tempo de atuação de cada um.

Assim, tente fazer agora outro exercício: você já possui anos de atuação no seu mercado, tendo se criado e estabelecido nele. Então, anos depois de sua criação, outra empresa de mesma atividade surge e começa a ter melhor produtividade.

Nisso, ele já possui uma boa parcela de clientes (que poderiam estar agora contando com sua empresa), bom posicionamento e lucro maior. Não só isso, o dono dessa empresa possui uma ótima vida, fruto desse investimento, e você não conta com isso.

Bem, se você fizer agora uma análise de concorrência, estudando seu público, seus pontos fortes e fracos, particularidades e modo de atuação, perceberá algo: ele conta com boa presença digital.

E não se trata só do velho anúncio publicitário, mas sim de conteúdo (80% do público prefere esse modelo ao anúncio).

Então você não só deve investir no meio digital, como também deve abandonar seus velhos métodos. Se não contar com o marketing digital para empresas, o resultado costuma ser apenas um: você se torna ultrapassado.


Terceiro sinal: guerra de preços

Posicionamento de mercado envolve basicamente dois elementos: segmentação e diferenciação. O primeiro é fator-chave para definição de características do seu público, o que permite um atendimento assertivo e personalizado.

Já o segundo envolve a criação de um elemento que destaque sua empresa no mercado – e o posicione em algum público. Hoje em dia, é fácil abrir uma empresa, o que cria um número alto de concorrentes.

A partir disso, existe a guerra de preço, uma concorrência entre duas ou mais empresas para manter/aumentar seu market share no mercado. Nessa disputa de fatia, as duas (ou mais) se dispõem a abaixar seu preço o máximo que conseguem, apenas para conseguir fechar o negócio.

Dessa forma, um último exercício para você: guerra de preço confere lucro a curto prazo, mas me diga, qual se torna sua posição no mercado? Essa estratégia cria alguma diferença entre sua empresa e a do outro além do preço?

Se essa artimanha não funcionar, o que mais tem a oferecer? Várias empresas, atuantes sobre talvez o dobro do preço, agora estão tendo lucro maior do que você e elas não apostam nessa tática.

Qual é o real diferencial? Presença digital. E como você pode obter isso? Marketing digital para empresas.

Receba dicas valiosas para melhorar seu negócio.

Central de vendas de Curitiba:

(41) 9 9525-1373

Central de vendas de Cascavel:

(45) 9 9985-3365

CNPJ: 18.461.120/0001-51