Buscar

7 ERROS DO MARKETING DE CONTEÚDO E COMO CONSERTÁ-LOS


O marketing de conteúdo se tornou uma tarefa importante dos negócios atuais, e vão de mão em mão as instruções de como usá-lo para atingir as metas da sua empresa. Essa não é apenas uma das maiores mudanças em como as marcas se vendem para os consumidores, mas também mudou como os consumidores interagem com as empresas.

É importante para você aprender a partir de erros comuns no marketing de conteúdo e assim, trabalhar para corrigir eles dentro da sua própria estratégia. Esse fato é fácil de ser identificado com as novas atualizações do Google, que valorizam qualidade e o quão positiva está sendo a experiência do usuário. Aqui, você precisa estar no topo para conseguir levar seu nome e sua marca para o resto do mundo, e é algo que empresas de todos os tamanhos precisam melhorar.

Se o seu marketing de conteúdo é ruim, vamos te mostrar aqui os erros mais comuns dentro dessa modalidade e também, como consertá-los.


FORMATAÇÃO RUIM DO SITE

Quando alguém visita seu site, eles irão imediatamente julgar como ele é e sua aparência. A primeira impressão pode não ser intencional da parte deles, mas é ainda uma das maneiras mais rápidas de fazê-los perder a atenção. Se seu site é feio ou muito carregado, não importa o quão bom seu conteúdo é, pois você continuará perdendo audiência do seu público.

Os mesmos princípios se aplicam para a formatação do seu texto, imagens e vídeos. Se a qualidade é baixa ou fornece uma experiência ruim para o usuário, você está se prejudicando e prejudicando sua empresa.

Sugestões visuais se aplicam para como o seu site está formatado e otimizado para dispositivos móveis. Aliás, essa otimização é a tendência mais importante para o marketing na internet nos dias de hoje. Se o seu conteúdo não é amigo de celulares, tablets, notebooks, você já está em desvantagem comparado com seus concorrentes que já utilizam essas técnicas.


ANÚNCIOS OCULTOS DE REPRODUÇÃO AUTOMÁTICA

Pergunte para qualquer pessoa que ouve música enquanto está na internet, existe algo que faz ela fugir de algum tipo de conteúdo. Um salto é o mais provável de ocorrer quando um vídeo começa a ser reproduzido automaticamente na página em algum lugar que não seja óbvio e fácil de fechar. E ainda pior quando um novo vídeo carrega depois do que parou!

Essa reprodução automática contínua com toda certeza vai irritar seu leitor e fazer com que ele deixe seu site e vá para o do seu concorrente direto.

Você não está apenas perdendo uma nova oportunidade de ganhar links para o seu conteúdo, mas também está aumentando sua taxa de rejeição.


TÁTICAS DE VENDAS IMEDIATAS E ÓBVIAS

É completamente compreensível que você deseja que seu conteúdo ajude a gerar conversas reais com possíveis clientes. Mas, quando essas táticas de vendas dominam seu conteúdo, isso afasta ele de ser algo que realmente pode ajudar seu usuário, além de torná-lo algo que seu leitor não irá curtir ou compartilhar.

Em vez disso, eles vão encontrar conteúdos mais úteis e com menos propagandas em outro lugar. Se você quer levar seus leitores para conversas sobre seu conteúdo, é preciso ter uma estratégia melhor.


NÃO COMPREENSÃO DO FUNIL

Além de ter estratégias para incluir táticas de venda dentro do seu conteúdo, você precisa entender a sua audiência. Um modelo amplamente utilizado pra isso é o funil de marketing, quando você cria seu conteúdo, deve pensar para qual ponto do funil ele está indo.

Você deve ter um tipo diferente de conteúdo direcionado para cada parte desse funil, isso é essencial para todo esse processo funcionar. Para fazer isso, é preciso entender quais são os tipos para cada parte.


Se sua estratégia é para uma audiência em geral, não inclua nenhuma sugestão para a compra. Isso vai servir apenas para fazer seu conteúdo parecer spam.


DIVISÃO DE PÁGINAS DESNECESSÁRIA

Existem vários motivos válidos para dividir seu conteúdo em várias páginas. Se seu artigo é longo ou tem diferentes seções, isso pode ajudar seu leitor. Mas dividir o conteúdo em páginas que são desnecessárias, passa a imagem de um clickbait (tática de gerar tráfego online), ou seja, outra maneira de levar alguém a sair do seu site.


COMPLETA IRRELEVÂNCIA

Apenas porque você encontrou uma informação que acha interessante de ser compartilhada, não significa que isso deverá ir para seu site. Se não tem nada a ver com o conteúdo que você faz, apenas trará confusão para os usuários.

Descubra no que sua audiência está interessada e crie conteúdos em volta desses tópicos. Assim, você pode se conectar naturalmente com seu leitor pelas tendências do momento, use isso a seu favor.


GRAMÁTICA RUIM

Erros de gramática deveriam ser óbvios. Porém, vários conteúdos publicados ainda possuem esses erros e dão uma imagem não profissional e não confiável para seu site.

Existem hoje vários programas que você pode usar para conferir se está tudo certo com seu texto antes de publicá-lo, mas o mais utilizado permanece sendo o Word, onde você pode conferir erros na acentuação e na escrita das palavras.


Evite esses erros na sua estratégia de marketing de conteúdo e faça seus visitantes voltarem para seu site.

Se pergunte se te algo no seu conteúdo que pode incentivar alguém a clicar no seu link. Trabalhar com o que é valioso para a sua audiência é fazer o marketing de conteúdo de forma correta, se esse não for o caso, está na hora de reavaliar sua estratégia.

Enganar seus leitores para clicar no seu conteúdo irá apenas com que eles não voltem para o seu site futuramente.

Receba dicas valiosas para melhorar seu negócio.

Central de vendas de Curitiba:

(41) 9 9525-1373

Central de vendas de Cascavel:

(45) 9 9985-3365

CNPJ: 18.461.120/0001-51