Buscar

COMO CRIAR INOVAÇÕES QUE IMPACTEM

Atualizado: 11 de Abr de 2019


O termo inovação chegou no mercado e ignorá-lo pode ter sérias consequências para um negócio, independentemente de sua área de atuação. No entanto, é importante que se saiba o que exatamente essa palavra significa.

De fato, esse conceito revela-se como a grande arma das marcas que se mostram competitivas e fortes. Porém, são muitos os empreendedores que não sabem como devem implementar mudanças nesse sentido.

Aliás, há confusão no que diz respeito aos impactos reais dessa ideia nas corporações. Com o intuito de esclarecer algumas dúvidas relativas a esse termo, resolvemos apresentar esse conteúdo. Confira!


AFINAL, O QUE É INOVAÇÃO?

É uma ideia que passou a dominar o meio empresarial, às voltas com a avalanche de mutações trazidas pelas tecnologias digitais. Nesse sentido, seu significado diz respeito à introdução de uma nova ideia em determinado segmento.

No entanto, essa concepção parece vaga quando se observa a complexidade de uma empresa do século XXI.

Assim, trata-se de perguntar, também, “o que inovar”, já que uma empresa possui determinadas variáveis.

Só para exemplificar, uma empresa pode inovar em processos em linhas de produção, em canais de relacionamento com clientes ou com a introdução de produtos com novas funções.

Esse então, é um conceito que pode ser aplicado a todas as áreas de uma empresa. Dessa, forma, cabe ao empreendedor atentar para os processos postos em prática e tentar novas soluções com base nas necessidades de seu público.

Logo, pode-se sustentar que inovar é uma atitude. Uma atitude assim se expressa na tentativa de métodos e práticas por meio das quais se podem descobrir novas oportunidades para um negócio.

Mesmo assim, é preciso salientar que esses experimentos não devem ser realizados de qualquer forma, sem um estudo que facilite e justifique sua necessidade.

Assim, as ideias inovadoras precisam ser lucrativas, sustentáveis e ter viabilidade.

Efetivamente, elas devem ter como pedra de toque ferramentas de manipulação e interpretação de dados de maneira rápida e precisa.

De fato, ferramentas assim auxiliam na criação de estratégias que visem a implementação assertiva de inovações de impacto.


DICAS PARA SER UM EMPRESÁRIO INOVADOR


Livrando-se de antigas formas de pensar

Para que se busque por inovação, faz-se necessária uma mudança de mentalidade. Por isso, insistir em processos que já estão em prática há muito tempo pode significar a perda de muitas oportunidades.

Ainda que os serviços e produtos estejam sendo entregues de forma satisfatória você precisa procurar novas formas de entregá-los.

Assim, deve-se praticar a criatividade e experimentar novas soluções, ainda que estas não sejam comuns ao mercado.


Brainstorming

Além disso, o diálogo permite que um problema seja enfocado de diversos ângulos. Dessa forma, pode-se ter uma visão mais apropriada de todas as variáveis envolvidas em sua solução.


Analisando o mercado

Essa atitude é importante para que possa descobrir novas necessidades e desejos dos consumidores.

De fato, é a partir dessa sondagem que se pode tentar buscar soluções que venham a atender as novas demandas.

Assim, isso contribui para a personalização do atendimento, o que, se implementado de maneira inovadora, pode ajudar na fidelização do cliente.


Expandindo horizontes


A estratégia do Oceano Azul explorou bem a importância desse ponto. Em linhas gerais, ele se refere a busca de oportunidades em novos nichos, o que pode abrir novas oportunidades de negócios.


Aprendendo a correr riscos

Expor-se a riscos faz parte da mudança de mentalidade que caracteriza o comportamento do empresário inovador.

Com efeito, a introdução de um produto ou serviço inovador traz muitas incertezas quanto a retornos. No entanto, arrisque-se, do contrário, não se pode saber o que pode dar certo.


TER IDEIAS E TESTÁ-LAS

Antes de qualquer coisa, para inovar, é preciso ter ideias. Anotá-las e estudá-las com empenho é o primeiro passo no sentido da inovação.

De fato, um empreendedor que se sente desafiado e instigado tem muitas ideias e as anota. Em seguida, trata de analisá-las e medir sua viabilidade.

Além disto, não se deve ter receio a respeito das ideias pouco usuais. Por certo, novidades, em especial aquelas que alteram circunstâncias a que a maioria estava acostumada, não são bem recebidas na maioria dos casos.

Dessa forma, após estudar essas ideias de maneira cuidadosa, se utilizando de parâmetros e indicadores que demonstrem sua viabilidade, pode-se pensar em uma forma de testá-la.

Só para exemplificar, pode-se testar uma ideia sobre um produto apenas apresentando ele a um público.

Por meio desse teste, pode-se estudar o comportamento do consumidor e melhorar as características do produto que o fizeram apresentar uma reação negativa.

Já no que afeta as estratégias em negócios online, pode-se medir as reações por meio do engajamento em postagens e outras métricas. Estas são um indicativo no que diz respeito à experiência do usuário de um site.


INOVANDO PARA CRESCER

Assim, podemos afirmar que, sem essa busca incessante por novas soluções, não se pode acompanhar as novas demandas e necessidades de clientes cada vez mais exigentes.

Por isso, a evolução de um negócio depende de uma mudança de mentalidade que não se acomode diante de processos estagnados, que apenas “funcionam”.

E você, já implementou inovações em sua organização? Anota suas ideias e corre riscos? Tem alguma dica valiosa para quem deseja inovar? Comente!

Receba dicas valiosas para melhorar seu negócio.

Central de vendas de Curitiba:

(41) 9 9525-1373

Central de vendas de Cascavel:

(45) 9 9985-3365

CNPJ: 18.461.120/0001-51