Buscar

O MAIOR ERRO QUE O EMPRESÁRIO PARANAENSE COMETE NA HORA DE CONTRATAR E DEMITIR


São poucos os empresários que sabem como contratar ou como demitir de maneira adequada,

de forma a não pôr a segurança dos negócios em risco. Mesmo assim, esse fator continua a ser um grande desafio para a maioria.

De fato, sem uma equipe comprometida e organizada, que esteja motivada para a realização das metas e tarefas, torna-se mais difícil colocar em prática as estratégias. Com isso, o planejamento pode ficar seriamente comprometido.

Para falar de maneira mais exata sobre o assunto, oferecemos dicas para que se possa evitar os erros nos processos de contratação e demissão. Aproveite a leitura!


ESCOLHENDO MÃO DE OBRA QUALIFICADA PARA UM SERVIÇO: O QUE DEFINE O BOM PROFISSIONAL

Antes que se possa projetar dicas de como se pode fazer as melhores contratações evitando erros, você precisa se atentar para as exigências da tarefa a ser desempenhada pelo candidato.

No entanto, ao contrário do que se pode pensar, as qualidades de um profissional competente não ficam restritas aos aspectos técnicos. De fato, ter conhecimentos ou experiência em determinada função não são suficientes.

Nesse sentido, para que alguém possa exercer um cargo de maneira satisfatória às necessidades de uma empresa e de seus clientes, seus traços comportamentais também precisam ser adequados.

Isso porque, em muitos casos, as demissões não são motivadas por fatores técnicos ou por erros frequentes em determinados processos.

De fato, muitos casos de demissão vêm da falta de comprometimento com as metas e políticas da empresa, de dificuldades de relacionamento, constantes atrasos e reclamações.

Assim, certamente, a atitude do candidato em um processo seletivo de fato organizado e planejado pode fazer a diferença em relação a candidatos mais qualificados.

Por isso, funcionários que passam por processos seletivos menos criteriosos, tendo por base, por exemplo, apenas a análise curricular podem gerar muitas frustrações e prejuízos.

Ao contrário, candidatos menos experientes e com menor expertise, mas mais envolvidos e motivados, podem ter mais disposição para aprender e gerar valor para a marca.

Dessa forma, tão importante quanto a análise de conhecimento e habilidades, é mensurar a capacidade do candidato de se adaptar à cultura da empresa.


PRINCIPAIS ERROS NA HORA DE CONTRATAR E DEMITIR FUNCIONÁRIOS

Assim, a fim de que se possa evitar os principais erros ao se fazer contratações e demissões, é necessário que se tenha em vista as dicas que listamos a seguir.


Contratar rápido

As contratações apressadas podem ocorrer, por exemplo, em casos de urgências. No entanto, é sempre bom ter em mente que um erro nesse processo pode gerar muitos problemas e prejuízos.

Nesse sentido, candidatos selecionados dessa forma podem não ser o que a empresa precisa. Então, faz-se necessário um processo de demissão e uma nova chamada para seleções. Com isso, perde-se tempo e dinheiro.

Ainda, no caso de empreendedores que não contam com um procedimento de seleção, é necessário dizer que este não é um gasto, mas um investimento imprescindível.


Não investigar o candidato

Muitos processos pedem para que o candidato descreva suas experiências e os motivos que o levaram a sair das empresas em que trabalhou. No entanto, nem sempre essas informações correspondem à verdade.

Por isso, uma ligação para a última empresa em que o candidato trabalhou ou uma pesquisa nas redes sociais pode auxiliar a tirar maiores conclusões.


Demora em demitir

No que diz respeito a demissões, o erro mais comum é resultado do primeiro dos erros listados aqui.

De fato, microempreendedores que contratam sem maiores critérios e demoram a demitir a partir dos primeiros problemas, obrigam-se a ficar com funcionários desmotivados. Isso por que, geralmente, não dispõem de capital de giro para acordos.


REALIZANDO CONTRATAÇÕES E DEMISSÕES DA MELHOR FORMA

Portanto, diante dos erros listados, podemos afirmar que o momento da contratação está intimamente relacionado àquele da demissão.

Isso porque, na maioria dos casos, demissões são resultantes de contratações realizadas de maneira inadequada.

Isto posto, a análise cuidadosa das exigências de um cargo e a busca por candidatos que preencham ao máximo essas exigências devem ser critérios fundamentais.

A fim de que esse objetivo possa ser alcançado, deve-se contar com um processo seletivo bem desenvolvido, específico para cada processo e em conformidade com a cultura da empresa.

Além disso, você deve se atentar para a real necessidade de contratações e fazê-las para os setores que mais precisam. Por certo, resolver “gargalos” e otimizar processos devem ser as prioridades.

O processo de demissão deve ser planejado, visto que realizar outro processo seletivo pode levar tempo, assim, o tempo previsto para novas contratações deve ser pensado de forma a não prejudicar os processos de determinado setor.

Além disso, observar todas as questões relativas à legislação trabalhista pode evitar futuros prejuízos e desgastes vindos de processos judiciais.


BOAS CONTRATAÇÕES, EXCELENTES INVESTIMENTOS


Assim, pode-se concluir de todos esses fatores que, processos seletivos desenvolvidos de acordo com a realidade da empresa e bem aplicados, podem gerar valor e bons lucros.

Da mesma forma, realizar demissões no tempo certo e de maneira correta pode evitar maiores problemas no futuro. Por isso, é fundamental que o empresário saiba como contratar e como demitir de forma a ter a melhor equipe.

E você, tem alguma dica importante sobre processos de admissão ou demissão? Compartilhe conosco!

Receba dicas valiosas para melhorar seu negócio.

Central de vendas de Curitiba:

(41) 9 9525-1373

Central de vendas de Cascavel:

(45) 9 9985-3365

CNPJ: 18.461.120/0001-51