Buscar

Psicologia das cores: como passar a mensagem correta da sua marca

Que cores você escolheu para o seu material publicitário e por que fez essa escolha?

Foi porque gostou das cores em particular, ou você tinha alguma ideia da mensagem que elas passariam sobre sua empresa e marca?

Enquanto o apelo visual é um detalhe que devemos sempre considerar, as cores da sua marca devem transmitir uma mensagem específica para as pessoas que tiverem contato com ela.

Você tem certeza de qual mensagem quer passar?

Você deve refletir sobre o uso da psicologia das cores no processo de criação dos seus materiais de marketing.

Seja um cartão, site, panfleto ou qualquer outro material, as cores devem ser escolhidas. Elas não apenas realçam a aparência das peças, mas também influenciam em nosso comportamento. Pense sempre sobre o impacto que essas cores vão gerar no seu público-alvo.

Por exemplo, você já percebeu que a maioria das redes de restaurantes fast food são decoradas com vermelho/laranja? Não é por acidente que essas cores aparecem com tanta frequência. Estudos mostram que o vermelho e o laranja encorajam as pessoas a comer rápido e deixar o local – exatamente o que os restaurantes fast food querem que você faça.

Também, não é por acidente que você encontra a cor vermelha e preta em sites adultos. Já que essas cores foram pensadas para ter uma conotação sexual.


Já percebeu que brinquedos, livros e sites para crianças têm grandes blocos brilhantes e sempre com as cores primárias?

Crianças menores preferem essas cores e respondem melhor a elas do que se forem utilizados tons pastéis ou tons misturados.

Porém, o efeito das cores é diferente de acordo com cada cultura. As atitudes e preferências do seu público devem ser pensadas anteriormente para a produção do seu material.

Exemplificando, o branco é a cor da morte para a cultura chinesa, mas o roxo transmite uma ideia melancólica para nós brasileiros. Amarelo é sagrado para os chineses, mas significa tristeza para os gregos e inveja para os franceses, e na América do Norte, a inveja está ligada a cor verde.

Pessoas de países tropicais respondem favoravelmente a cores quentes, já a população de países mais ao norte do globo prefere tons mais frios.


Na cultura brasileira, as cores a seguir são associadas a determinadas qualidades e emoções:

Pesquisadores do marketing também determinaram que as cores afetam diretamente os hábitos de consumo.

Compradores impulsivos respondem melhor a cores como vermelho, laranja, preto ou azul royal. Já os consumidores que planejam as compras respondem melhor a cores como rosa, azul claro e escuro. Os mais tradicionais têm melhor resposta a cores pastéis – rosa escuro/claro e azul turquesa.


Quer testar isso? Dê uma olhada em sites de grandes companhias, que têm alto investimento em publicidade e pesquisa.

A Jaguar, por exemplo, trabalha com veículos de luxo. Existe a predominância de preto (sofisticação e estilo) e prata (prestígio). O público da marca tem exatamente essa visão quando procura adquirir um carro, se identificam como pessoas sofisticadas e buscam por veículos de prestígio.


Então, como você pode começar a utilizar essas informações? Primeiro, pense sobre as pessoas que você quer que comprem seus produtos.

Imagine que você está vendendo livros para crianças pequenas, mas está mirando suas estratégias nos avós. Para resolver isso, crie livros brilhantes, utilizando as cores primárias como o vermelho, azul e amarelo, como apelo para as crianças que vão consumi-lo.

Claro, você deve testar sua campanha em mercados menores dentro do seu segmento, antes de produzir uma campanha em larga escala.

Pense também sobre a mensagem que sua marca, produtos e serviços devem passar psicologicamente para o receptor, apenas então, pense sobre as cores de acordo com o que deseja fazer.


Essas foram nossas dicas, esperamos que às utilizem da melhor maneira possível dentro de suas empresas!

Associe também a psicologia das cores no seu dia a dia e dos seus colaboradores, temos certeza de que seus negócios irão decolar!

Receba dicas valiosas para melhorar seu negócio.

Central de vendas de Curitiba:

(41) 9 9525-1373

Central de vendas de Cascavel:

(45) 9 9985-3365

CNPJ: 18.461.120/0001-51